webLoaded = "false" Loadclientside=No

Normas Europeias

Na Europa, todo o equipamento de proteção individual deve ter a marcação CE e estar em conformidade com a diretiva epi 89/686/CEE antes de poder ser colocado no mercado. O epi também deve estar em conformidade com as normas aplicáveis, nacionais e harmonizadas que garantem que os requisitos de segurança básicos na diretiva epi são cumpridos.

Na EN 166, é opcional complementar a classificação de resistência mecânica com a letra (T) para temperaturas extremas (-5 °C e +55 °C). Além disso, existem classificações relativamente ao campo de utilização: "9" quanto à proteção contra salpicos de metal fundido e a penetração de sólidos quentes; "3" quanto à proteção contra líquidos (gotas ou salpicos); e "8" quanto à proteção de arcos elétricos devido a um curto-circuito no equipamento elétrico.

No caso das normas EN 166 e EN 379, relativamente à qualidade ótica do filtro de soldadura ou ao visor facial, são classificadas de 1 a 3, em que 1 é a melhor. No caso dos filtros de soldadura passivos e viseiras, há apenas uma classificação de classe ótica. No caso dos filtros de soldadura de escurecimento automático, existem quatro partes da classificação: classe ótica/difusão de luz/variações na dependência de ângulo da transmitância luminosa.

As lesões oculares são evitáveis quando a proteção adequada é usada e utilizada em conformidade. Por exemplo, a 3M recomenda verdadeiramente escolher uma máscara de soldadura aprovada segundo a norma EN 175:B (resistência às partículas de alta velocidade) durante as operações de rebarbação. Pode encontrar a classificação da norma europeia para os nossos produtos na especificação de cada máscara de soldadura. Rebarbação e resistência mecânica. Para obter mais detalhes sobre as normas europeias, ou para adquirir exemplares das normas em questão, contacte o National Standards Institute.

Siga-nos
Mudar localização
Portugal - português