Formação do Trabalhador em Conservação Auditiva

Ensine os seus trabalhadores a proteger a sua audição.

Dado que, em geral, a perda auditiva induzida por ruído ocorre gradualmente e os sintomas nem sempre são evidentes, é essencial explicar os efeitos da exposição a ruídos altos aos trabalhadores e ensiná-los a usar corretamente a proteção auditiva.

Como formar e motivar os trabalhadores para que protejam a sua audição no trabalho e noutros lugares?

  • Programa de Conservação Auditiva
    • A formação dos trabalhadores é um dos componentes mais importantes de um Programa de Conservação Auditiva Ocupacional. Até mesmo um Programa de Conservação Auditiva bem desenhado pode ficar aquém do objetivo de evitar a perda auditiva, se os trabalhadores não conhecerem o dano que lhes pode causar a exposição excessiva ao ruído, ou os comportamentos necessários para reduzir o risco. Os empregadores poderão melhorar o sucesso dos seus esforços de prevenção de perda auditiva reforçando os programas de formação de trabalhadores dirigidos não só ao CONHECIMENTO das pessoas envolvidas, mas também às suas ATITUDES e COMPORTAMENTOS.
       

      • CONHECIMENTO:  compreender que o ruído pode ser prejudicial e que a proteção auditiva e os controlos de ruído podem reduzir os riscos
      • ATITUDES:  a convicção de que a audião é valiosa e o desejo pessoal de a proteger
      • COMPORTAMENTOS:  aprender a proteger-se do ruído e a praticar essas competências consistentemente

      Uma das chaves para a formação bem sucedida é a incorporação da aprendizagem ativa. As pessoas aprendem e retêm mais informação quando estão ativamente envolvidos no processo de aprendizagem. A boa notícia é que os programas de formação de trabalhadores não têm de ser caros nem morosos. Quer seja o empregador a desenvolver e conduzir a formação, quer contrate um especialista para o fazer, muitas das ferramentas e métodos estão disponíveis e prontos para utilização ou personalização pelos trabalhadores. Com alguma criatividade e esforço para tornar os materiais envolventes e relevantes para o trabalho em curso nas suas instalações, pode aumentar a eficácia do seu programa de formação.

Conclusões Principais

    • Um programa de formação do trabalhador pode aumentar o sucesso do seu Programa de Conservação Auditiva
    • A formação deve abordar conhecimentos, atitudes e comportamentos do trabalhador
    • A aprendizagem ativa é uma das chaves para a eficácia da formação
    • Nível de Ação
    • Aprendizagem Ativa
    • Classificação da Redução de Ruído (NRR)
    • Classificação de Atenuação Pessoal (PAR)
    • Exposição Protegida

Principais Benefícios de Disponibilizar Formação Completa do Trabalhador em Conservação Auditiva

  • Principais Benefícios de Disponibilizar Formação Completa do Trabalhador em Conservação Auditiva

    1. A utilização consistente e correta dos protetores auditivos é suscetível de aumentar entre os trabalhadores pessoalmente empenhados em proteger a sua audição contra o ruído no local trabalho e noutros locais.

    2. A satisfação dos trabalhadores pode melhorar quando perceberem de que modo são avaliadas as exposições ao ruído e as medidas que estão a ser tomadas pelo empregador para controlar o ruído.

    3. Pode ser possível melhorar o reconhecimento das situações em que os protetores auditivos ou controlos de ruído são inadequados, uma vez que os trabalhadores aprendem a identificar os sinais de aviso de perda auditiva induzida por ruído.

    4. Documentar os resultados da formação ajuda os empregadores a demonstrar conformidade com os regulamentos que os obrigam a disponibilizar formação como parte de um programa de conservação auditiva ocupacional.


webLoaded = "false"

Dicas de Introdução à Formação

  • Todos os trabalhadores com exposições diárias ao ruído acima de 80 dB(A) devem participar na formação, e os outros? As pessoas que frequentemente entram e saem das áreas ruidosas das suas instalações poderão ser obrigadas a usar proteção auditiva, mesmo que sua exposição diária ao ruído esteja no Valor Mínimo de Exposição de 80 dB (a). Poderão certamente beneficiar da formação. Da mesma forma, os gestores e outros trabalhadores cujas exposições ao ruído estão abaixo do Valor Mínimo de Exposição poderão perceber a utilidade da formação, especialmente no que se refere à proteção da sua própria audição fora do trabalho ou para ajudar os trabalhadores.
  • Descreva antecipadamente o que gostaria que os participantes no seu Programa de Conservação Auditiva aprendessem durante a formação anual. Certifique-se de que os seus objetivos incluem competências específicas que os trabalhadores devem desenvolver, tais como a utilização adequada de proteção auditiva, juntamente com os factos e informações sobre ruído e prevenção da perda auditiva. Poderá considerar que o desenvolvimento de atividades de formação do trabalhador é mais fácil se os objetivos de aprendizagem estiverem claramente definidos.
  • Há diversas opções para ministrar formação de trabalhadores que variam desde as atividades tradicionais orientadas pelo instrutor até aos módulos de e-learning animados. A formação em grupo e a formação individual do trabalhador são muitas vezes igualmente eficazes quando se trata de adquirir conhecimento. No entanto, quando se trata de aprender novos comportamentos, a formação individual ou em pequenos grupos pode ser mais eficaz.
  • Há uma série de recursos de formação disponíveis online, incluindo conteúdos grátis que podem ser transferidos e combinados com o seu próprio programa de formação. Se o tempo e os recursos forem limitados, considere a compra de materiais de formação prontos a utilizar ou a contratação de terceiros para ministrar a formação e fornecer os materiais. É normalmente melhor personalizar a formação tanto quanto possível de modo a incluir informações, imagens e exemplos da sua própria empresa. Pode ser mais fácil envolver os trabalhadores e manter a sua atenção se estes sentirem que o conteúdo é relevante para o trabalho que fazem e específico para as suas instalações.

    Dado que os estilos de aprendizagem diferem de um trabalhador para outro, é provável que queira apresentar informações através da vários métodos, incluindo materiais escritos, vídeo, áudio e experiências práticas. Um método para tornar a formação em conservação auditiva significativa para cada pessoa é criar materiais que motivam os trabalhadores para pensar no impacto negativo potencial da perda auditiva induzida por ruído a nível pessoal e qual o benefício de ouvir bem.

    Os materiais de formação também podem necessitar de ser traduzidos em idiomas diferentes do inglês para facilitar a aprendizagem a todos os trabalhadores que frequentam a formação. Também convém garantir que os materiais utilizados são do nível educacional certo para a força de trabalho – nem demasiado simplista nem demasiado aprofundado.

  • É boa prática agendar as ações de formação de trabalhadores para horas e locais que se adaptem aos horários de trabalho e aos prazos de produção e a uma hora em que os trabalhadores estejam atentos, alerta e focados. É improvável que quem estiver cansado, distraído ou sobrecarregado consiga aprender novas ideias ou comportamentos.

    Por último, deve pensar em tornar as atividades de formação mais interativas através, por exemplo, de técnicas de aprendizagem ativa, tais como demonstrações, debates e jogos.

  • Os objetivos de aprendizagem criados ao desenvolver a formação podem ser utilizados para verificar a aprendizagem durante ou após as ações de formação. Os resultados da formação podem ser avaliados utilizando um simples questionário de papel e caneta ou um inquérito enviado por e-mail após conclusão da formação. Para um indicador mais imediato do que as pessoas estão a aprender, considere a utilização de um sistema de votação em tempo real durante as atividades de formação.

    Lembre-se de avaliar quaisquer mudanças de atitudes e comportamentos dos trabalhadores para além das mudanças nos conhecimentos sobre os efeitos do ruído perigoso na audição e como se proteger do ruído. Uma das maneiras mais diretas de avaliar uma mudança no comportamento são os teste de ajuste dos protetores auditivos. A Classificação de Atenuação Pessoal obtida pelos utilizadores de protetores auditivos pode ser avaliada rapidamente antes e depois da formação, através de um Sistema de Avaliação da Atenuação em Campo , tal como o Sistema de Validação de Proteção Auditiva Dupla 3M™ E-A-Rfit™ A investigação indica que os trabalhadores que atingem inicialmente uma classificação PAR baixa conseguem melhorá-la significativamente (10-13 dB) imediatamente após a formação sobre utilização adequada de tampões e protetores auriculares. (Smith et al, 2014).

  • REFERÊNCIAS

    Smith, P, S, Monaco, B A, Lusk, S L (2014). Atitudes quanto à utilização de dispositivos de proteção auditiva e efeitos de uma intervenção nos resultados dos testes de ajuste. Saúde e Segurança no Local de Trabalho, 62 (12), 491-499.


O que é necessário?

  • Programa de Formação em Conservação Auditiva

    Programa e Métodos de Formação

    Os empregadores devem disponibilizar formação anual para cada trabalhador exposto a ruído igual ou superior ao Valor Mínimo de Exposição de 80 dB(A). Os empregadores devem garantir a participação de cada empregado.

    Os regulamentos europeus não especificam como deve ser feita esta ação de formação. Os empregadores podem escolher os método mais viáveis e eficazes para os seus trabalhadores.

  • Tópicos de Formação em Conservação Auditiva

    Tópicos de Formação

    O programa de formação inclui normalmente os seguintes tópicos principais:
     

    • Os efeitos do ruído na audição
    • O objetivo dos protetores auditivos, as vantagens, desvantagens e atenuação de vários tipos
    • Instruções sobre seleção, instalação, utilização e cuidados dos dispositivos de proteção auditiva
    • O objetivo dos testes audiométricos e uma explicação sobre os procedimentos de teste

O que posso fazer para tornar a formação mais eficaz?

  • Formação de Conservação Auditiva Interativa

    Interatividade!

    Para muitas pessoas, a leitura ou a audição passiva de uma palestra é uma das maneiras menos eficazes de aprender. Uma atividade prática de 5 minutos imediatamente seguida de debate pode ser mais eficaz do que uma palestra de 20 minutos ou um folheto de 5 páginas. Demonstrações auditivas tais como simulações de perda auditiva e zumbido ou audição de uma conversa em ambiente ruidoso podem rapidamente envolver os trabalhadores no início de uma ação de formação.

  • Personalizar a Formação em Conservação Auditiva

    Personalizar!

    Convém fazer materiais de formação específicos da sua empresa e incluir imagens das instalações. Considere convidar os trabalhadores que são respeitados pelos outros para dar um breve testemunho sobre o impacto causado pelo zumbido ou a perda auditiva ou sobre como aprenderam a trabalhar com segurança e a preservar a capacidade de audição com a ajuda da proteção auditiva.

  • Formação em Conservação Auditiva Relevante

    Tornar relevante!

    As pessoas deixam rapidamente de prestar atenção se considerarem que os tópicos não lhes dizem respeito, nem a si próprios nem ao que fazem. Uma maneira de manter a relevância da sessão passa por pedir aos trabalhadores que pensem no seu som preferido e no que sentiriam se deixassem de poder ouvir e apreciar esse som. Tal compromisso torna a formação pessoal. Também pode pedir aos trabalhadores que pensem no efeito da perda auditiva e do zumbido na sua relação com a família e os amigos.

  • Formação Diversa em Conservação Auditiva

    Misturar!

    Não espere grandes resultados se a formação for chata ou apagada. Encontre maneiras de a tornar divertida ou pelo menos memorável. Se disponibilizar o mesmo programa de formação ano após ano, é provável que não consiga prender a atenção dos trabalhadores. Adicionar conteúdo novo e diferente ajuda a tornar a formação relevante e inovadora.


Para Além do Básico

  • Disponibilize breves ações de formação durante todo o ano

    A formação anual não tem de ser ministrada apenas uma vez por ano. Considere a possibilidade de oferecer formação em conservação auditiva em sessões curtas durante todo o ano. Sessões mais curtas podem ajudar a evitar a sobrecarga de informações e a permitir o reforço frequente de tópicos, uma técnica fundamental para ajudar as pessoas a recordar ideias.

  • Envolva os trabalhadores no desenvolvimento e disponibilização de formação

    Ensinar os outros é uma das maneiras mais eficazes de aprender. Se conta com trabalhadores experientes que percebem a importância das questões relacionadas com o ruído e a audição, talvez possam criar ou mesmo ensinar um ou mais tópicos numa ação de formação. Da mesma forma, um jovem trabalhador criativo poderá ser capaz de introduzir algumas atividades ou ideias envolventes no seu programa.

  • Experimente a resolução de problemas em pequenos grupos

    Outra maneira de aprender é trabalhar num projeto com uma equipa pequena. Como parte do programa de formação, poderia ser atribuído a grupos de trabalhadores um desafio ou um problema a resolver relacionado com os tópicos que devem ser abordados na formação anual. Dado que cada equipa apresenta os resultados do seu projeto, os restantes trabalhadores aprendem com eles. Este exemplo apresenta uma boa maneira de manter a relevância do conteúdo.

  • Inclua a exposição ao ruído longe do local de trabalho

    Os danos auditivos resultantes da exposição ao ruído excessivo não estão limitados às horas de trabalho. As pessoas que trabalham em ambientes ruidosos participam frequentemente em atividades ruidosas longe do local de trabalho. Embora a sua empresa não seja obrigada a ensinar os trabalhadores que devem proteger a audição ao andar de moto, cortar a relva, ou ouvir música, os benefícios de o fazer podem ser significativos. Para os iniciados, os trabalhadores podem ter um interesse mais pessoal nestas atividades pelo que é possível captar a sua atenção mais facilmente incluindo-os na formação. Além disso, os comportamentos que os trabalhadores aprendem para se proteger fora do local de trabalho podem ser transferidos para o dia de trabalho, reforçando os seus esforços para garantir a conformidade com as regras de proteção auditiva.


Já Considerou?

    • Convidar os trabalhadores para sugerir ideias de atividades de formação interessantes e envolventes
    • Construir uma biblioteca de atividades e materiais de formação que têm funcionado bem no passado
    • Fazer vídeos curtos, informais 'protetor auditivo do mês' para apresentar as vantagens das diferentes opções de proteção auditiva durante todo o ano
    • Formar supervisores e gestores nas suas instalações, como moldar o protetor auditivo adequado para utilização e como incentivar e impor a utilização correta da proteção auditiva
    • Oferecer incentivos aos trabalhadores que utilizam corretamente a proteção auditiva de modo consistente — servindo de exemplo a seguir para colegas de trabalho
    • Patrocinar um evento de 'cuidados com o ouvido' com demonstrações de proteção auditiva contra o ruído e a música longe do local de trabalho
    • Criar um poster de ajuste do protetor auditivo protagonizado por trabalhadores nas suas instalações
    • Incentivar os trabalhadores a levar os protetores auditivos para casa e os utilizem nos fins de semana e à noite

Recursos para formação do trabalhador em conservação auditiva

  • NOTA IMPORTANTE: Esta informação assenta nos requisitos nacionais atuais selecionados. Os requisitos locais ou de outro país podem ser diferentes. Consulte sempre as Instruções do Utilizador e siga os regulamentos nacionais. Este Website contém uma visão geral de informações genéricas e não deve ser invocado para a tomada de decisões específicas. A leitura desta informação não garante proficiência em segurança e saúde. A informação é atual a partir da data de publicação, e os requisitos podem mudar no futuro. Estas informações não devem ser invocadas isoladamente, dado que o conteúdo é muitas vezes acompanhado por informações adicionais e/ou esclarecedoras. Todas as leis e regulamentos nacionais aplicáveis devem ser cumpridos.

    Para mais informações, contacte o representante da 3M.

Siga-nos
Mudar localização
Portugal - português