De mãos dadas

Dermatite associada à incontinência

Dermatite associada à incontinência (DAI)

  • Dermatite associada à incontinência (DAI)

    Quando a pele do seu doente é exposta a urina e/ou fezes, isso tem um impacto negativo na integridade da pele:

    • A humidade torna a pele mais vulnerável à fricção, o que pode causar lesões cutâneas associadas à humidade e abrasão. A urina também pode diminuir a tolerância do tecido à fricção, rutura ou pressão
    • Uma alteração do pH da pele pode promover o crescimento de microrganismos patogénicos
    • As enzimas fecais podem causar lesões diretas na pele
    • A combinação de irritação química (sabão tradicional) e física (lavagem) enfraquece a pele1,3,11

Estas são as potenciais causas para o desenvolvimento da "Dermatite associada à incontinência" (DAI)


Os seus doentes merecem o melhor cuidado da pele?

  • Cuidados ótimos com a pele

    A pele saudável precisa de proteção. A pele fornece proteção contra impactos mecânicos, pressão, variações de temperatura, microrganismos e produtos irritantes. O processo natural de envelhecimento diminui a capacidade da pele para se proteger contra tais impactos.

    As doenças crónicas são mais comuns numa população cada vez mais idosa e são mais propensas a co-existir com outros dois problemas:

    1. O aumento da carga de cuidados em doentes acamados que necessitam de tomar banho na cama
    2. Incontinência relacionada com doenças crónicas que, por sua vez, pode levar a dermatite associada à incontinência

Uma população envelhecida

  • 186%

    Aumento da população com mais de 85 anos de 14 m para 40 m

  • 74%

    Aumento da população com mais de 65 anos de 129 m em 2010 para 224 em 2050

  • 25-30%

    das pessoas com mais de 85 anos apresentam algum grau de declínio cognitivo. O risco de demência aumenta acentuadamente com a idade


Três passos simples para reduzir a DAI

  • Os três simples passos recomendados para impedir a DAI são:

    1. Limpar a pel
    2. Hidratar a pele diariamente e conforme necessário para substituir os lípidos perdidos nas camadas superiores da pele
    3. Para proteger a pele, aplique um spray ou um creme barreira hidratante se o doente tiver uma incontinência urinária ou fecal significativa (ou ambas).1, 4, 13

    Dadas as evidências que sugerem uma associação entre a DAI, os seus fatores etiológicos mais importantes e as úlceras por pressão, a prestação de cuidados associados à incontinência deve ser realizada através destes três passos.

    Se estiver à procura de uma orientação prática sobre como avaliar, prevenir e tratar a DAI, consulte o documento Best Practice Principles publicado pela Wounds International. Basta visitar o Web site da Wounds International para transferir um exemplar gratuito.


Resultados notáveis

Resultados notáveis

Ligação entre úlceras por pressão e DAI

  • Uma análise sistemática e uma meta-análise foram realizadas para identificar a associação entre a dermatite associada à incontinência (DAI), os seus fatores etiológicos mais importantes (incontinência e humidade) e úlceras por pressão. Na maioria dos estudos (86%), foi encontrada uma associação significativa entre as variáveis de interesse. Esta evidência indica uma associação entre a DAI, os seus fatores etiológicos mais importantes e as úlceras por pressão.12


  • FAQs

    Encontre as respostas às perguntas mais frequentes sobre 3M Cuidados de saúde

    Ir para FAQs

  • Formação e Eventos

    Junte-se à 3M Health Care Academy e aumente os seus conhecimentos médicos

    Para mais informações

  • Contacte-nos

    Se tiver alguma questão a colocar sobre um produto ou serviço 3M Cuidados de saúde, contacte-nos

    Contacte-nos agora

Siga-nos
Mudar localização
Portugal - português