webLoaded = "false" Loadclientside=No

Resistência da união adesiva

Os adesivos e fitas oferecem vantagens exclusivas em comparação com soldas e fixações mecânicas, sem sacrificar a resistência. Saiba como a resistência da união adesiva é testada e medida, e quais são os muitos fatores que é necessário considerar quando se escolhe um adesivo para uma aplicação.

webLoaded = "false"

Medição da resistência de uma união adesiva

  • A maneira mais comum de medir a resistência da união adesiva é descolar a união. Imagem de uma união adesiva a ser descolada.

    Com cada um dos mecanismos de adesão a desempenhar um papel, os cientistas na área da adesão investigam a resistência de uma união adesiva para determinar a sua capacidade de desempenho numa aplicação. 

    Medir o "trabalho de adesão" de uma determinada união ajuda a determinar a resistência de uma montagem unida por adesivo. A forma mais comum de fazer esta medição é descolar uma união adesiva. A força necessária para descolar a união permite aos engenheiros compreenderem qual será o desempenho do adesivo numa aplicação.

Os cientistas medem o trabalho de adesão (resistência de adesão) descolando uma união adesiva.

webLoaded = "false"

A adesão e a coesão trabalham em conjunto para criar uma união forte

  • Saiba mais sobre as zonas distintamente diferentes dentro de uma união adesiva. Imagem da secção transversal de uma união.

    Resistência de adesão

    A resistência do adesivo é a resistência interfacial entre o adesivo e o substrato, e geralmente a consideração mais importante quando se prepara uma montagem unida por um adesivo forte. No entanto, a resistência do adesivo não é o único fator crítico para criar uma união eficaz. Mesmo que use o adesivo mais resistente do mundo, a união falhará se o adesivo não unir à superfície do substrato.

  • Resistência coesiva

    A resistência coesiva é a resistência interna de um adesivo – a capacidade se manter íntegro em condições de esforço. Quanto maior for a resistência coesiva, mais forte é o adesivo. A resistência coesiva é determinada pela composição química do adesivo. A resistência dos adesivos abrange uma vasta gama, desde adesivos sensíveis à pressão a adesivos estruturais de epóxi e acrílicos.

    É importante considerar os tipos de tensão específicos que irão atuar sobre uma junta de adesivo. As tensões comuns incluem cisalhamento, clivagem, pelagem e tração. Saber a magnitude e a frequência das tensões a que a sua aplicação estará sujeita é útil para escolher o adesivo com a melhor resistência coesiva para a tarefa pretendida.  

webLoaded = "false"

A energia superficial do substrato é importante na seleção do adesivo

  • Saiba como a impregnação ajuda a determinar a escolha do adesivo para substratos de alta e baixa energia superficial.

    A energia superficial é uma propriedade física da superfície de um material que determina se um adesivo formará contacto total com o mesmo. Num material com alta energia superficial, os líquidos impregnam-se ou espalham-se na superfície; num material com baixa energia superficial, os líquidos resistem a fluir e formam gotículas. Um adesivo tem de impregnar o substrato para formar uma união.

    Para escolher o adesivo adequado, é importante compreender a energia superficial de todos os substratos na sua montagem e até que ponto o adesivo irá impregnar cada um. É igualmente necessário ter em consideração a limpeza das superfícies, porque alguns adesivos exigem um elevado grau de limpeza do substrato.


webLoaded = "false"
Siga-nos
Mudar localização
Portugal - português